quinta-feira, 11 de julho de 2019

Recomeços

De repente ficou só calmaria.

Dói romper cordões, 
Mas não há como o novo chegar,
Se no velho permanecer.

O barulho foi intenso,
Estrondoso.

Muitos cacos pelo chão,
Sangue e ferimentos por toda parte.

Quando o silêncio chegou,
Os ferimentos límpidos ficaram
E a cicatrização iniciou.

A paciência está presente 
e traz paz.

Mariusa C B Petri
11/07/2019

sábado, 22 de junho de 2019

Flor

Lembre-se, todos os dias,
ela é delicada
como uma flor:
precisa ser regada,
necessita de adubação,
de diálogo, carinho e amor.

Não queira dela o melhor perfume,
Se não protegê-la para que possa exalá-lo.
Se tratá-la assim,
jamais perderá seu amor,
jamais precisará sentir ciúmes,
pois ela desejará permanecer ao seu lado,
até a velhice, até a última pétala secar.

Chamava-a de flor,
porém disso esqueceu.
Tentou lembrá-lo,
insistentemente.
Mas o egoísmo não permitiu que ouvisse,
apenas seu ego em evidência permaneceu.

A doce flor adormeceu,
para os sonhos que com ele partilhou,
não mais ao seu lado despertará,
pois ao secar,
suas sementes,
em nova terra há de brotar,
para novo jardineiro dela cuidar e amar.

Mariusa Cristiane Baum Petri
20 de abril de 2019

A despedida

Quando a inspiração vai embora,
o que resta é o ritual da despedida...

Quando você voltar,
sei que a poesia,
de mãos dadas contigo,
pela porta, irá chegar.

Como poderei eu,
sem vocês continuar?

Se posso,
ainda não sei responder,
a única certeza, neste momento,
é que cada minuto sem vocês,
meu amor e minha poesia,
são como anos sem viver.

Mariusa Petri
19/06/19

quinta-feira, 13 de junho de 2019

Eu sou do sol,
mas quando ele tímido está,
busco energia na lua e nas estrelas...

O som da chuva
me agrada
imensamente
também.

sábado, 1 de junho de 2019

De nossa primeira aula

Seu nome é Mariusa,
e ela caminha lentamente,
entre as pétalas e as folhas,
agora mortas,
pela chegada do outono,
mas que em alguma época,
desabrocharam para a vida.

Oh! Como esse cheirinho de terra molhada,
lhe trazia nas lembranças,
sua antiga morada,
de quando ainda era apenas uma menina-moça,
cheia de sonhos e vontade para esbravejar o mundo.
Sua imaginação não para jamais,
As inúmeras  poesias inundam sua mente.
Versos de amor, de tristeza, mas acima de tudo,
versos acalentadores.
Na outrora passada,
Mariusa deixou que seus versos voassem,
para dimensões distintas.
Mas agora ela se reencontrou,
ela tem força, ela deseja.

Às  vezes, a tristeza lhe toma
ao lembrar-se dos poemas perdidos,
num tempo que não volta mais.

Entretanto, o que não sabe ainda,
é que quando ela sorri,
compõe o verso mais lindo,
que poderia ser lido.

Até os versos de Machado de Assis
curvam-se perante tua beleza,
não a física, mas sim a d’alma.
Ela é cheia de vida, é encantadora
e seus doces sorrisos são capazes de curar
as mais profundas das dores.

São de seus olhos tão verdejantes
quanto o orvalho da manhã,
que vem a verdade,
que ensinam a partir da poesia.

Ela não sabe ainda.
E antes que diga algo,
peço que guarde contigo o nosso segredo.

A mulher de madeixas douradas
e sorrisos doces,
é minha mais nova professora.

Edwiges Maciel Franco
Abril/2018

sexta-feira, 31 de maio de 2019

Apenas espalhe as sementes de amor...

Difícil viver o amor,
pois separado foi.
Colocaram-no
em diferentes níveis:
amor disso,
amor daquilo…

Apague tudo isso
e tenha
um caso de amor
por todas as coisas.

Não economize amor,
como se o amor fosse um poder,
que você usa e acaba.

No amor é diferente:
quanto mais você usa,
mais você tem.

Espalhe o verdadeiro amor,
àquele que é,
àquele que está,
em tudo e em todos.

Não separe nada
para você amar,
apenas ame!!!!!

O verdadeiro amor:
ele não quer,
ele é dá.


Mariusa Cristiane Baum Petri
31 de maio de 2019

segunda-feira, 27 de maio de 2019

Minha alma morreu hoje.

Não sinto meu corpo,
tudo está amortecido, morto.

Já ouvi falar na dor da despedida,
mas não deste tipo de dor que sinto.

Quando quem tanto amamos morre,
viaja para outro plano, sua alma vive,
enquanto o corpo,
simplesmente se decompõe.

Porém não conhecia a morte em vida.

Que Deus me dê forças para seguir,
pelos filhos que ainda precisam florir.

O que fazer,
quando a ferida teima em crescer?

Já não existem feridas,
muito menos cicatrizes,
não é possível preencher esse vazio.

Pois como um rio poluído,
onde os peixes não nadam,
apenas flutuam,
a alma deixou meu coração.

*Sem título,
Por Mariusa Petri
27 de maio de 2019



sexta-feira, 17 de maio de 2019

Fênix

Obrigada por não falar comigo! Estou refletindo bastante neste período de silêncio. Me desculpe se de alguma forma tenho sido inconveniente. Essa pessoa que tenho mostrado para você, não tem relação com quem eu sou, e talvez por me ver assim, vem dito verdades doloridas para que eu possa despertar.
Acredito que eu esteja despertando, não sei ao certo ainda, esses processos são doloridos demais. Contudo, não poderia deixar de me desculpar com você, por ter adentrado a sua vida e simplesmente impor que deveria ficar nela. Isso não tem nada haver com o amor. Isso é egoísmo.Certamente você também disse coisas que não queria ter dito. Te desculpo por isso também, por mais que tenha doído em minha alma.
Nesses últimos dias tenho buscado a reconciliação comigo mesma. E sei que precisa disso também. Talvez não tenha encontrado outra pessoa por eu ter prendido você a mim. Saiba que te liberto a partir de hoje, com todo o meu coração. E desejo sinceramente que resolva seus problemas financeiros e àqueles consigo mesmo.
Todos precisamos desses momentos de reconhecimento, antes de querermos alguém em nossas vidas. É preciso amar a si próprio para daí querer amar seu próximo. Apesar de nossa separação, saiba que terá uma amiga aqui sempre. Você permitiu que eu pudesse repensar a minha vida. Me sinto leve hoje para agradecer e desejar o melhor pra você.
Fui estúpida, admito. Essa situação já era pra ter tido um ponto final. Resbalei e mostrei uma pessoa horrível para você, q sinceramente não sou e não quero ser.Talvez tivesse tido esse amadurecimento antes, não sei, mas a partir de hoje decidi ser quem eu realmente sou.
Não posso continuar a agir contra o que acredito. Que exemplo daria aos meus filhos? Outra coisa, só escrevo porque sei que jamais poderemos conversar pessoalmente e respeito essa decisão. Obrigada por tudo que me ensinou, mesmo que tenha ferido no momento, o mais importante é que pude retomar minha essência.
Sou uma pessoa sincera, não deveria estar vivendo em mundos criados.
Sou uma pessoa alegre, mas tornei-me fechada e triste.
Sou uma pessoa ativa, porém estava anulada e permitindo que os outros me reduzissem.
Sinto-me uma fênix.
Mariusa PetriJulho/2018

Representa toda poesia que há em mim...


Apenas abrace forte

Quando encontrar em seu caminho,
alguém que te faça sentir no Paraíso:
Abrace forte e segure
com todas as suas forças!

Alguém que você queira e precise.
Alguém que ilumine seu percurso.

É sabido que a vida é construída
por bons e maus momentos.
Não solte a mão de seu amor
durante a tempestade,
pois é ali que mais precisa de ti.

Queira e precise, não deixe ir...

19/08/2018
Mariusa Petri

quarta-feira, 15 de maio de 2019

Vôo prematuro

O coração está apertado aqui...
Desde sua partida,
nunca mais voltei a sorrir.
Éramos pássaros livres pelo parque a voar.
Mas sempre voltávamos ao ninho,
para de nossos filhos cuidar,
e nas asas um do outro repousar.

Meus lábios são amor.
Meus gestos são amor.
Minhas palavras são amor.
Minhas ações são amor.

Mas meu coração está apertado aqui…
É saudade que não tem fim.

Por que partiu sem mim?

Mariusa Petri 15/05/2019